Ex-campeão de boxe se irrita com foto

McGregor teria nocauteado Paulie Malignaggi em treino; ex-pugilista garante que deu surra no irlandês

Ex-campeão de boxe se irrita com foto polêmica e deixa camp de Conor McGregor

Malignaggi questiona foto em que aparece caído em sparring com irlandês

 

 

O ex-pugilista Paulie Malignaggi abandoou o camp de treinos de Conor McGregor após a publicação de uma foto polêmica nas redes sociais. Na imagem, o ex-campeão mundial aparece caído durante uma sessão de sparring com o irlandês, que se prepara para encarar Floyd Mayweather em superluta de boxe, no dia 26 de agosto, em Las Vegas. Irritado com a foto, que foi deletada por um parceiro de equipe do campeão do UFC, Malignaggi exigiu que o vídeo da atividade na íntegra fosse divulgado.

“Não é legal mostrar uma imagem que não é verdadeira. Isso foi um empurrão dele durante o sparring. Publique, na íntegra, o vídeo do 1º ao 12º round. O UFC tem câmeras por toda a academia filmando 24 horas por dia. Deixe os fãs verem o vídeo original, sem edição. Eu vim para ajudar no camp, e não para ser explorado, mas agora você terá a verdade. Na realidade, eu acabei com ele 24 horas depois de dois voos, por isso estou pedindo que o vídeo seja publicado”, declarou o norte-americano em postagens no Twitter.

Em meio à repercussão, o fotógrafo do UFC Dave Forgaty, que acompanha o camp, rebateu Malignaggi. Ele postou uma foto no Instagram em que o ex-pugilista é golpeado pelo irlandês. “Não há conspiração nem Photoshop, somente um poder puro e inalterado”.

Em nova sessão de postagens, Paulie Malignaggi informou que deixaria o camp, mas evitou  polemizar com McGregor. Ele também garantiu que não vazará informações dos treinamentos com o ‘Notorious’.

“Eu apenas quero deixar claro que estou saindo do camp de McGregor. Vim com a melhor das intenções para ajuda-lo. A chance de ser parte de um evento tão grande também me empolgou. Acredito que Conor e eu temos um respeito mútuo dentro do ringue.  Conquistamos isso com bom trabalho em duas sessões de sparring. Estou tomando essa decisão por coisas fora do ringue e por como algumas coisas foram feitas da forma que eu não concordo. Eu não vou divulgar nenhuma informação tática sobre o que vi nessas sessões de sparring com Conor. Eles têm a minha palavra. Sobre as coisas que me chatearam, falarei quando for a hora certa. Eu desejo o bem do time McGregor e espero voltar a Las Vegas para trabalhar na semana da luta com a (produtora) Showtime”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *